APASE - Sindicato dos Supervisores de Ensino do Magistério Oficial no Estado de São Paulo

Notícia

01/12/2016

Tempos de Crise... Tempos de Luta. Tempos de União!

Palavra da Presidente - Edição dez./2016 - Jornal APASE

  

O mês de dezembro, normalmente, nos convida à reflexão sobre o passado recente e ao projetar de ações futuras.

 

Nesse sentido, não há como ignorar o impacto, em 2016, da situação do país no cotidiano vivido.

 

A crise política e econômica atingiu sobremaneira nossa existência. Essa percepção foi ampliada pela presença, cada vez mais frequente, das redes sociais em nosso meio. Estas impuseram e revelaram novas nuances de conduta em espaços coletivos “virtuais”, que estabeleceram, ao mesmo tempo, novas atitudes dialogais diante da diversidade.

 

As relações interpessoais que estabelecemos, mediadas pelas redes sociais, revelaram novas maneiras de interação com maior ou menor disposição ao diálogo, a predisposição ao exercício de tolerância e alteralidade, o pensar coletivo dos grupos, entre outros. Porém, nestas relações também observamos outro movimento, um isolamento voluntário, no qual as pessoas só interagem em ambientes virtuais em razão de dificuldade nas relações pessoais, ou ainda, participam de grupos de discussão apenas como meros espectadores, ficando represadas as manifestações individuais acerca da realidade.

 

Assim, percebemos na contemporaneidade a complexidade das relações e da convivência em grupo.

 

Se por um lado isto tudo parece indicar relações mais superficiais ou distantes, por outro, observamos que a crise fortaleceu os espaços de encontro e confronto de ideias. Apesar dos embates acirrados advindos do encontro, do desgaste gerado por estes, o diálogo, essência do humano, ocupou a centralidade entre nós!

 

E nessa contradição, a crise transforma-se em força propulsora de lutas e união.

 

A dialogia impõe-se e a luta coletiva por convicções comuns se sobrepõe aos discursos e às práticas individualistas excludentes.

 

Contraditoriamente, no mundo em que se apregoa a competitividade e o individualismo, crenças e valores comuns surgem em meio aos conflitos e unem sujeitos dispostos e comprometidos com a transformação de sua realidade.

 

Aquilo que parecia indicar o fim de organizações de classe, aquilo que nos distanciou na pequenez da diferença, acabou por nos aproximar para o bem comum.

 

Foi nessa realidade, dual e complexa, na qual estamos imersos, que os Supervisores de Ensino, diversos e diferentes entre si, encontraram no Sindicato-APASE um espaço aglutinador de valores, crenças, ideias, reivindicações.

 

Talvez, possamos dizer que, para além de aglutinar ideias, o Sindicato-APASE constitui-se num espaço aglutinador de pessoas, de Seres Humanos reais que encontram no diálogo a alternativa concreta de luta!

 

A união dos Supervisores de Ensino na defesa de seus ideais configura-se na possibilidade do SER apesar de tudo.

 

A união da Supervisão demonstra e revela ao sistema que SOMOS Supervisores de Ensino!

 

A união dos Supervisores de Ensino revela a força do diálogo para transformar, primeiro a nossa própria realidade e depois a realidade do nosso entorno!

 

Por tudo isso, a crise que se arrasta em suas diferentes dimensões em 2016, promoveu a união da Supervisão e demonstrou que é possível estabelecer um diálogo franco e ético para a transformação da realidade.

 

E é a força renovadora deste diálogo que desejamos a cada um de vocês, para nossas famílias e sobretudo, para a classe política do nosso país, do nosso Estado, para que no diálogo se predisponham a ouvir e não só a falar!

 

Boas festas a todos os nossos filiados e um renovado 2017! Paz e bem!

 

Rosângela Aparecida Ferini Vargas Chede
Diretora-Presidente

Palavra do Presidente

Palavra do Presidente anteriores

Últimas Notícias


Notícias anteriores

APASE - Sindicato dos Supervisores de Ensino do Magistério Oficial no Estado de São Paulo
Rua do Arouche - 23 - 1° Andar - CEP 01219-001 - SP - São Paulo - Telefone - (11) 3337 6895