APASE - Sindicato dos Supervisores de Ensino do Magistério Oficial no Estado de São Paulo

Notícia

02/01/2018

Bom mesmo é ser um realista esperançoso

Palavra da Presidente - Edição janeiro/2018 - Jornal APASE

  

Neste início de 2018, me permitam não falar da crise, nem dos problemas e dificuldades dos últimos anos.

Desejo falar do que nos move: a esperança! A esperança que supera a ingenuidade e se apresenta como atitude renovada e transformadora da realidade. Como dizia Ariano Suassuna:

“O otimista é um tolo. O pessimista, um chato. Bom mesmo é ser um realista esperançoso.”

Por isso, começo 2018 esperançosa quando miro o ano que passou e consigo ver para além do constatado e, com outro olhar, observo o quanto convivemos e fomos solidários, respeitosos e convictos de nossos ideais e lutas no Sindicato-APASE e em outros ambientes, envolvendo e sensibilizando colegas até então distantes daquilo que nos une.

Assim, me atrevo a dizer e esperar tempos auspiciosos para a nossa autonomia e produção intelectual! E isso representa tempos de paz pra mim! Quando nossa natureza produtora de conhecimento resiste e transgride a lógica de senso comum e se revela a favor de um pensar comprometido com a garantia de educação pública estatal, laica e de qualidade social para todos.

Fomos questionados ao máximo em nossa resistência e a ela respondemos com a transgressão positiva, ética, que caracteriza nossa natureza humanista.

Poderiam me questionar: paz em meio aos conflitos e lutas constantes?

Não me expresso no sentido da própria ausência destes, mas a uma paz dinâmica, que se revela em novas ações promotoras da dignidade humana e que venha revestida da dialogia no caminhar transformador. Uma “paz” necessária para um pensar crítico, um pensar que se distancia do pessimismo contagiante, resignado, apático e desmobilizador de novas batalhas. Enfim, paz que se manifesta internamente quando nossas ações voltam-se para a luta a favor do outro, de um futuro e uma humanidade melhores.

E foi esse o ambiente contraditório que vivemos em 2017. Aos pessimistas que esperavam nossa resignação ao fatalismo político, econômico e ético, proclamado aos quatro ventos e, desta forma, a desfragmentação do nosso espírito combativo, só restou o observar e a surpresa com o fortalecimento e união em torno da valorização da Supervisão de Sistema e da Educação com qualidade social.

Começo o ano novo esperançosa porque nosso poder humanizador rompeu com o individualismo predatório! Esperançosa porque a força de um caminhar conjunto nos traz “paz” para produzir, juntos, as transformações necessárias. E neste sentido, espero em 2018:

“(...) Dias melhores
Dias de paz, dias a mais
Dias que não deixaremos
Para trás
(...) O dia em que
Seremos melhores (melhores, melhores!)
Melhores no amor
Melhores na dor
Melhores em tudo (...)
Dia melhores para sempre (...)”1


E as novas gerações reconhecerão em nossos passos, em nossos exemplos, as inspirações necessárias para as lutas vindouras e para a defesa de uma educação humanística, promotora de uma sociedade concretamente Justa.

Um 2018 de sucesso, conquistas, enfim, de esperança, paz e bem!

Rosângela Ap. Ferini V. Chede
Diretora-Presidente

Palavra do Presidente

Palavra do Presidente anteriores

Últimas Notícias

17/05/2018

Nota de Falecimento

Roberto Bueno Sobrinho - sócio-fundador e 1º Diretor-Presidente APASE


Notícias anteriores

APASE - Sindicato dos Supervisores de Ensino do Magistério Oficial no Estado de São Paulo
Rua do Arouche - 23 - 1° Andar - CEP 01219-001 - SP - São Paulo - Telefone - (11) 3337 6895